Translate

terça-feira, 18 de outubro de 2016

Como se corrompe um médico.

Como se corrompe um médico.
Este é um texto adaptado.
Fictício.
Visando despertar a consciência médica de como estão manipulando os médicos e a medicina no Brasil.
Na metade de uma aula, em uma universidade, um dos alunos, inesperadamente perguntou ao professor:
‒ O senhor sabe como se corrompe um médico?
O professor achou que era uma piada e esperava uma resposta engraçada. O jovem respondeu que não era uma piada, e com seriedade começou sua dissertação:
‒ Para corromper um médico, primeiro informa-se os benefícios de ser empregado do governo, com salário e, férias remuneradas e certeza do salário no final do mês, com aposentadoria no final da carreira.
Assim, os médicos vão trabalhar diariamente ou semanalmente nos plantões, com a promessa de estabilidade e uma próspera aposentadoria, você providencia falta de medicações, esporadicamente e depois rotineiramente.
Eles se acostumam e justificam dizendo que não têm nada a ver com isso, afinal não são diretores e nem gestores da saúde.
Você vai lotando os setores de trabalho com muitos pacientes, fazendo até com que muitas vezes os pacientes não tenham onde se acomodar, o que faz com que eles fiquem pelos corredores, bancos e até no chão dos serviços.
No final, colocam os pacientes contra os médicos, fazendo com que eles achem que as condições de trabalho é culpa só dos médicos que estão na linha de frente do atendimento.
Os médicos já estão habituados ao salário no final do mês e assim não reclamam às autoridades competentes, com medo de perder o emprego e de ficar mal visto pelos colegas de profissão. Os sindicatos e órgãos de classe promovem protestos, reuniões, documentos e parece que tudo irá se resolver.
É aí que você dá o golpe final: coloca os chefes dos órgãos de classe para fazerem parte de direção e chefias, secretarias de saúde, assessoria de políticos, ministério e captura a todo o grupo.
Simples assim, no passo a passo, até que no último segundo os médicos perdem sua liberdade. Eles começam a correr em círculos dentro do SUS, mas já estão presos. Depois, começam a receber o salário mensal. Ficam tão acostumados a isso que esquecem como trabalhar para si mesmos e por isso aceitam a escravidão.
Mais ainda, mostram-se gratos com os seus captores e, por gerações, vão felizes ao serviço de saúde. E nem desconfiam que a mão que alimenta é a mesma que lhes abate.

Existem exemplos na história de como os médicos foram corrompidos pela sociedade e pelo sistema político da época. Observem os médicos nazistas.
https://minilua.com/terriveis-medicos-nazistas/

Nenhum comentário: