sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Bancos, megaempresas e mercado financeiro. Quebradeira geral. Basta clicar nos links

"Grande Demais para Quebrar" é um thriller da vida real que brilhantemente apresenta os bastidores da crise financeira que se precipitou em Wall Street e se alastrou pelo mundo. Com 11 indicações ao Emmy Awards de 2011, o filme é baseado no livro do jornalista financeiro Andrew Ross Sorkin e revela os detalhes e esclarece como as decisões do mercado financeiro, tomadas na última década, lançaram as sementes do desastre.

Uma história não apenas com olhar sobre os bancos que eram "grandes demais para quebrar", mas sobre um elenco de nomes em negrito, que se achavam "grandes demais para quebrar". E através de um acesso sem precedentes, são apresentados esses atores envolvidos e são recriados todo o drama e tumulto destes dias turbulentos. Revelando detalhes nunca antes revelados e contando como, motivados sempre por ego e ganância, bem como por medo e autopreservação, os homens e mulheres mais poderosos das finanças e política, decidiram o destino da economia mundial.

Margin Call – O Dia Antes do Fim 

Peter Sullivan (Zachary Quinto), Seth Bregman (Penn Badgley) e Will Emerson (Paul Bettany) trabalham no setor de riscos em uma corretora, que está realizando uma série de demissões. Cerca de 80% do setor em que trabalham foi demitido, entre eles o chefe do trio, Eric Dale (Stanley Tucci). Ao pegar o elevador Eric entrega a Peter um pen drive, que contém algo em que estava trabalhando no momento. O alerta para que tomasse cuidado com o conteúdo chama a atenção de Peter, que fica após o horário de trabalho para dar uma olhada no arquivo. Logo ele descobre que trata-se de uma análise da volatilidade da empresa, que indica que há duas semanas ela ultrapassou e muito o limite de risco o qual pode correr. Desta forma a empresa está prestes a falir, o que provoca uma reunião de emergência com diversos setores da empresa, entre eles seu dono, o acionista John Tuld (Jeremy Irons).

Os diretores dos maiores bancos de investimento de Wall Street foram convocados à noite para uma reunião pelo Secretário do Tesouro Americano, Hank Paulson, para discutir a situação de outro banco: o Lehman Brothers. Depois de seis meses de turbulências nos mercados financeiros mundiais, o Lehman Brothers foi para a U.T.I. e o governo estava prestes a desligar os aparelhos. Dick Fuld, CEO do Lehman, recentemente afastado, passa o fim de semana tentando desesperadamente ressuscitar sua amada empresa através 

Através de uma pesquisa extensiva e entrevistas com economistas, políticos e jornalistas, "Inside Job - A Verdade da Crise", mostra-nos as relações corruptas existentes entre as várias partes da sociedade. Narrado pelo actor Matt Damon e realizado por Charles Fergunson, este é o primeiro filme que expõe a verdade acerca da crise económica de 2008. A catástrofe, que custou mais de $20 triliões, fez com que milhões de pessoas tenham perdido as suas casas e empregos.

Fraude: explicando a grande recessão



Nenhum comentário: