Translate

domingo, 20 de março de 2016

Infiltrações no Brasil. Guerra civil em progressão

Eis as medidas a serem tomadas em curto prazo, visando a manutenção do Brasil, da lei e da ordem:

1 - A destituição da presidente Dilma Rousseff e do vice-presidente Michel Temer.

2 - A prisão de todos os conspiradores por corrupção e alta traição, ao servirem voluntariamente a interesses estrangeiros contra o Brasil através do Foro de São Paulo, que é uma invasão sigilosa do território nacional executada por países estrangeiros liderados por Cuba.

3 - O desligamento imediato da Unasul e o fim de qualquer ligação com países que vivem ditaduras comunistas/socialistas.

4 - A dissolução de todos os partidos e organizações integrantes ou apoiadores do Foro de São Paulo.

5 - A intervenção em todos os governos estaduais e municipais e seus respectivos legislativos, com criação do recall anual visando a destituição dos políticos incapazes. 

6 - O combate sistemático à corrupção e à subversão, com penas graves e perda dos direitos políticos e arresto dos bens.

7 - Mudança na coleta e distribuição de impostos, com repasse de 70% para os municípios. 

8 - A intervenção no Supremo Tribunal Federal, no qual a presença de ministros simpáticos aos conspiradores é clara e evidente.

9 - A formulação de uma nova Constituição, que não possa sofrer alterações sem o consentimento do povo.

Se ainda existirem HOMENS no Brasil, com vontade, coragem, denodo, discrição, decência e decoro, seremos a maior potência mundial em 20 anos. Se não houver, seremos tomados pela múltiplas invasões dos sistemas islâmicos, socialistas e da Nova Ordem Mundial.

Estamos no primeiro estágio de uma guerra civil declarada. 

Guerra civil camuflada existe há décadas. 

FHC, Lula e Dilma Rousseff devem ser julgados por crimes contra a humanidade, genocídio e crimes de lesa-pátria, além de todos os outros já detectados pela PF e operação Lava-Jato. 

Ações individuais de desobediência civil para combater o governo cleptocrata:

1 - Imposto e economia pública: não declarar imposto de renda por 3 anos seguidos e não pedir nota fiscal em nenhuma transação financeira; http://g1.globo.com/globo-news/conta-corrente/videos/t/todos-os-videos/v/arrecadacao-federal-cai-48-e-tem-pior-maio-em-seis-anos/5102704/
2 - Bancos e instituições financeiras: retirar todo o dinheiro de contas correntes, poupanças, planos de aposentadoria e de ações da bolsa, pagando tudo em dinheiro e à vista, sem utilizar cartões de crédito; 
3 - Políticos: evitar votar, não comparecer nem sair de casa no dia da eleição, não apoiar nenhum político; pedir demissão de todos os empregos públicos, nunca trabalhar para o governo; 
4 - Cultura e informação: não assistir televisão, não comprar jornais ou revistas alinhadas com o governo.

Nenhum comentário: