segunda-feira, 28 de abril de 2014

Outra banqueira comete "suicídio", elevando números das últimas mortes misteriosas para 14


A mulher, cujo primeiro nome é Lydia - sem sobrenome - era um funcionário do Bred-Banque Populaire. 
De acordo com o Le Parisien , a mulher de 52 anos de idade, pulou do 14 º andar da sede do banco em Paris terça-feira por volta das 10h. Lydia supostamente saltou para a morte depois de uma discussão com a administração superior. 
Uma investigação policial está em andamento e aos funcionários estão sendo oferecidos ajuda médica para o choque. 
Nenhuma outra informação está disponível neste momento.


Desde janeiro deste ano, outros 13 banqueiros se "suicidaram" ou morreram em circunstâncias suspeitas. 
Esta quantidade de mortes, incluindo suicídios entre banqueiros é altamente incomum, e o mistério em torno deles têm 
compreensivelmente, desencadeado uma avalanche de teorias da conspiração on-line.
Algumas destas mortes são extremamente estranhas, como o banqueiro que morreu com 10 pregos embutidos em seu crânio 
de uma pistola de pregos. 
Outro foi encontrado enforcado em seu apartamento.
Em seguida, houve outro suicídio no antigo Banco Nacional do Comércio, o CEO James Stuart Jr. de Scottsdale, Arizona, 
que foi encontrado morto na manhã de 19 de fevereiro.

Nenhum comentário: