quarta-feira, 24 de julho de 2013

“MAIS MÉDICOS”; MINHA ARMA MINHA VIDA; O PAPA E OS GAYS


  • Lula defende o programa “mais médicos” da Dilma. É claro, principalmente se forem para vir os ditos “médicos” cubanos. 
    Por essas e outras é que ele se trata em hospital particular, um dos mais caros do país
    Fugiu do atendimento do SUS ao qual fazia tantos elogios e agora foge, também, de médicos estrangeiros para quando necessitar.
  • Interessantíssimo o título acima criado por um bronqueiro. Realmente precisamos de um programa do governo com esse intuito, somente para os honestos. O governo, contrariando o referendo sobre o desarmamento e descumprindo-o, não respeitou a vontade popular e criou várias barreiras para que a parte honesta da população pudesse ter a sua arma para defesa de sua família. 
    Hoje em dia, para se ter uma arma, é uma luta insana para  registrá-la, realizar exames e pagar taxas. 
    Enquanto isso, a bandidagem deita e rola vendo o povo desarmado, impedindo sua reação aos assaltantes e assassinos. 
    Assim, age livremente de riscos. 
    A culpa é do governo que não protege convenientemente seus habitantes honestos e facilita aos bandidos suas ações criminosas. Para que então houve o referendo se o próprio governo não respeitou a vontade popular? 
    Bando de hipócritas!
  • O Papa disse que o homossexualismo é uma artimanha do diabo para destruir a família. 
    E aí, ministra Maria do Rosário?
    Vai mandar prender o Pontífice?

Nenhum comentário: