Translate

terça-feira, 18 de junho de 2013

Verás que um filho teu não foge à luta. Não somos palhaços, idiotas, nem ovelhas prontas para o abate. Vivam os 99%.






Não há talvez. Ou é sim ou não. Não somos palhaços, idiotas, nem ovelhas prontas para o abate.
Os brasileiros deixaram de serem movidos apenas pelo dinheiro, nós, os 99% da população, deixamos de apenas assistir a TV, de querer apenas carnaval, shopping-centers, futebol e bolsa-família.
A agonia da sociedade no Brasil, assaltada e assassinada, vítima: dos mais altos impostos do mundo, da exterminação dos brasileiros por armas de fogo sem possibilidade de defesa, pois os bandidos podem se armar e o trabalhador, não; dos políticos brasileiros, corruptos, que nadam em dinheiro e em privilégios; dos bancos e as multinacionais, que só visam seu lucro exorbitante associados aos assédios generalizados, sempre tendo lucros de trilhões de dólares; de um governo nazista que controlou os meios da mídia e o congresso nacional(com o mensalão e os mensalinhos), empurrando um monte de dinheiro através da publicidade nos jornais, rádios, TVs, liberação de verbas e colocando os políticos para serem donos das empresas através de concessões estatais; da falta de investimento em educação, saúde e aumento do poder das famílias; da imposição constante da destruição dos valores morais com a degeneração progressiva dos laços que unem os familiares, amigos e colegas através da divisão da espécie humana em pequenos grupos(quilombolas, índios, negros, mulheres, crianças, adolescentes, idosos, sem-terra, ecologistas, gays, policiais, civis, etc), quando na verdade, somos todos brasileiros; pelo uso das forças estatais e não-estatais(polícia federal, marinha, exército, aeronáutica, ABIN, Ministérios, PT, ONGs) para oprimir todos os brasileiros com sua agenda de engenharia social que vem dos interesses externos não-brasileiros.

Nunca esperavam que a população brasileira se levantasse.

Pois estamos vivos e somos todos guerreiros e combatentes!

Minha orientação:
Votem nulo!
Saquem suas economias dos bancos
Assistam menos as TVs nos horários que estão juntos em família.
Conversem mais sobre o que realmente interessa, não sobre novelas, futebol, fórmula 1 e Big Brother Brasil, Fantástico e Faustão.
Leiam e se informem nos livros, internet, emails, Twitter.
Evitem o Facebook e redes sociais com fotos, para não expor seus familiares e amigos.

Aprendam a se proteger nos protestos, nas escolas e nos hospitais.

Nenhum comentário: