domingo, 27 de janeiro de 2013

Filmagens ligam Lula a negócios de Rose e Cachoeira ameaça vazar tudo que sabe contra petistas e aliados. Dilma tá implicada pois ela é a "mãe" do PAC, conectada com a DELTA e ao governador do Rio, Sérgio Cabral.

O Ministério Público Federal teria acesso a filmagens feitas em Nova York, registrando os passeios entre o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva e sua amiga Rosemary Nóvoa Noronha. 

Um dos encontros mostra os dois se divertindo em compras na Macy´s – famosa grife da Big Apple. Investigadores também têm acesso a uma fotografia de Lula e Rose abraçados nos momentos de felicidade e vaidade no usufruto do poder. 

A foto foi oferecida a revistas e jornais brasileiros – que ficaram com medo de comprar.

As investigações têm acesso a outras filmagens que mostram os fortes laços entre Lula e Rose. 

Os dois foram flagrados em momentos de alegria e intimidade durante viagem a um país da África – provavelmente Angola. Reservadamente, o Ministério Público Federal já recebeu informações - obtidas pela Inteligência das Forças Armadas - indicando que Rose seria intermediária de negócios com diamantes, em parceria com os filhos do presidente de Angola, José Eduardo dos Santos
No meio do negócio, estaria também um alto-dirigente de uma grande empreiteira brasileira.

Militares descobriram que Rosemary utilizava um passaporte exclusivo de membros do primeiro escalão governamental para viagens de negócio ao exterior que fazia sem a presença do amigo Lula. 

Serviços de inteligência das Forças Armadas receberam informes de que Rose participaria de negócios com diamantes em pelo menos cinco países: Bélgica, Holanda, França, Inglaterra e Alemanha. As pedras preciosas seriam originárias de negócios ocultos feitos pela cúpula petralha na África, principalmente Angola. Tal informação também foi passada à PGR pelos militares.

Foram detectadas dezenas de viagens não-oficiais de Rosemary ao exterior, para "passeios de negócios". O passaporte especial a denunciou. Foram 23 para a França. Para Suíça, ocorreram 18, por via terrestre, partindo de Paris, e mais quatro por via aérea. Rose também fez 12 deslocamentos de avião para a Inglaterra. Outras sete viagens para o Caribe e os Estados Unidos, aconteceram de navio – de acordo com a inteligência militar brasileira.

Tais informações sigilosas sobre o Rosegate não aparecem nas 600 páginas do inquérito da Operação Porto Seguro. Pelo teor explosivo, podem até ser abafadas – o que será nada fácil na atual “temporada de caça ao Lula”. De concreto, a FAB já tem todo um dossiê sobre as viagens que Rose fazia. Tudo já está em poder do Ministério Público Federal. O seio do Rosegate está exposto. Falta apenas comprovar, publicamente, que Lula tinha seus braços no meio dele.

Mais conhecida como “Doutora Rose”, a exonerada chefe de gabinete da Presidência da República em São Paulo já está indiciada pela Polícia Federal por formação de quadrilha, corrupção ativa e tráfico de influência, como “braço político” de um esquema que fraudava pareceres ou criava vantagens para empresários corruptos em negócios com o governo Lula-Dilma. Lula será convidado pelo Ministério Público Federal a prestar esclarecimentos sobre sua relação política – e, eventualmente, de negócios – com a querida Rosemary.

Cachoeira Vazando...

O que está ruim ficará ainda pior! Carlinhos Cachoeira vai derramar toda sua vingança sobre o PT. 
O contraventor Carlos Augusto Ramos dará logo mais uma entrevista exclusiva a três jornalistas de sua confiança, em Goiania. Abrirá o o jogo e o verbo contra seus agora inimigos – mas que até outro dia eram parceiros de assalto aos cofres públicos. Cachoeira agora diz ser o "Garganta Profunda". Será?

Ao sair novamente da prisão ontem, Cachoeira desabafou que “está doente e cansado de tanta humilhação”. Por isso, depois de consultar seus advogados, promete revelar tudo que sabe sobre negociatas promovidas nos governos do PT e de seus principais aliados. A grande dúvida é se a mídia amestrada - e agora ameaçada de corte de verbas oficiais de publicidade - terá coragem de publicar as revelações de Cachoeira.

O maior medo do governo é o caso Delta. 

Se Cachoeira der detalhes sobre como funcionava sua parceria com a empreiteira Delta e as obras do PAC, quem terá problemas é Dilma Rousseff. 
A Presidenta que agora perde tempo com a defesa de seu godfather Lula da Silva, considerando “lamentável essas tentativas de desgastar a imagem de Lula”: “Repudio as tentativas de destituí-lo da imensa carga de respeito que o povo brasileiro lhe tem”. Ou seja, continuem ocultando o que ele fez de errado?
A mentira teve perna curta e ela está sendo implicada...

Agora se explica o que Garisto falou sobre o "Comando Delta". Vejam nos links abaixo:

http://forum.outerspace.terra.com.br/index.php?threads/comando-delta-verdade-ou-mito-os-patriots-brasileiros.137760/

http://franciscogaristo.blogspot.com.br/2009/04/vamos-discutir-o-comando-delta_05.html

http://www.youtube.com/watch?v=f7m-OjgUag4


Dilma gerenciava o PAC, em cujas obras a Delta deitou e rolou em superfaturamentos e distribuição de “mensalões” a vários políticos. 

Se Cachoeira falar, outro grande prejudicado será o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, parceiro de Cavendish, Dilma e Lula – que pode ter mais um escândalo nas costas, além do Mensalão e do Rosegate. 

Cavendish e Cabral estão rompidos pessoalmente. 

Cabral e Dilma estão com relação política abalada. 

Cachoeira está rompido com todo mundo e pode abalar ainda mais a corrupta conjuntura brasileira com uma nova enxurrada de denúncias contra petralhas e seus comparsas.

Nenhum comentário: