domingo, 16 de dezembro de 2012

Sob confusão, Câmara de Caruaru aprova aumento de 50% para prefeito. Vereadores, vice-prefeito e secretários municipais também ganharão mais.





A Câmara dos Vereadores de Caruaru aprovou, na noite da última terça-feira (11), um aumento no salário do prefeito, do vice-prefeito e dos vereadores do município. O projeto, que venceu por dez votos a cinco, aumenta em mais de 50% a renda de José Queiroz (PDT), um dos prefeitos mais bem pagos do país a partir de agora, e concede o pagamento de 13º salário aos vereadores.
Manifestantes estiveram na sessão para vaiar e protestar contra o reajuste. O vereador Leonardo Chaves (PSD) se envolveu em uma pancadaria ao sair da sessão. Uma pessoa foi detida pela polícia e levada para a delegacia.
A pressão popular esquentou e lotou a sessão da Câmara. Ainda assim, dois terços votaram pelo aumento do salário do prefeito de R$ 16 mil para R$ 25 mil. Os salários dos vereadores passaram de R$ 9 mil para R$ 12 mil, dos secretários municipais de R$ 9 para R$ 11 mil, do vice-prefeito Jorge Gomes (PSB) de R$ 8 mil para R$ 12,5 mil. O 13º salário para prefeitos, vice e secretários municipais, no entanto, foi negado.

A emenda sobre aumentos salariais foi rejeitada pelos vereadores Lícius Cavalcanti (PCdoB), Louro do Juá (DEM), Rogério Menezes (PT), Diogo Cantarelli (PSDB) e Val (DEM), mas foi aceita por Alecrim (PSD), Leonardo Chaves (PSD), Adolfo José (PSD), Demóstenes Veras (PSD), Bruno Lambreta (PSD), Ranílson Enfermeiro (PTB), Zé Ailton (PDT), Edmilson do Salgado (PCdoB), Zé Carlos do Sindicato (PSC) e Lula Torres (PR).
A assessoria do prefeito José Queiroz informou que ele ainda não recebeu o texto aprovado pela Câmara e que só vai falar quando receber o projeto de lei.

Nenhum comentário: