Translate

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Pessoas que não pagarem o ''imposto religioso'' não poderão receber enterros religiosos ou receber sacramento. Na Alemanha.


Bispos da Igreja Católica da Alemanha determinaram que pessoas que abrirem mão do ''imposto religioso'' não poderão receber enterros religiosos ou receber sacramento.
A Alemanha determina que pessoas oficialmente registradas como católicos, protestantes ou judeus paguem um imposto de 8 a 9% de seus rendimentos anuais.
Elas podem deixar de pagar essa taxa se disserem que estão deixando a comunidade religiosa à que pertencem.
O número anual de pessoas que deixam a Igreja, que oscila na faixa de 120 mil, subiu para mais de 181 mil há dois anos, após revelações de abuso sexual de crianças envolvendo padres.
Mas o Estado não seria laico?

Nenhum comentário: