quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Elba Ramalho denuncia governo Dilma por promover o aborto





Querida presidente, eu fui a uma reunião sua, quando a senhora disse que não legalizaria o aborto no Brasil. 
E muito me entristece hoje, como artista e cidadã brasileira, ver o seu governo caminhar por vias contrárias e enganadoras, tentando convencer a nossa sociedade, amparando grupos feministas patrocinados por empresas internacionais, multinacionais que querem produzir a morte, exigindo mais abortos no Brasil como controle de natalidade. 
Muito me entristece que a senhora seja conivente com isso.” 
(Elba Ramalho)

Nenhum comentário: