quinta-feira, 5 de julho de 2012

Em época muita remota - Caio Múcio Cévola, cônsul em 95 a.C. e um dos maiores juristas da antiga Roma – escreveu este pensamento: “a lei é uma prostituta, sorri para os que têm a carteira mais recheada”.

Políticos, economistas, cientistas políticos e outras especialidades no
campo social, no mundo inteiro, escrevem milhares de artigos e num deles
encontramos algo que é dito diariamente no nosso País. 


O GRUPO GUARARAPES copiou um techo e PERGUNTA AO AMIGO LEITOR DE NOSSOS DOCUMENTOS onde foi escrito e onde (país) foi escrito o que se segue: “´É difícil dizer qual é pior se aquele que suborna as massas, ou as massas que recebem o suborno. É verdade que o que suborna corrompe; também é verdade que aqueles que aceita o suborno é um criminoso maior”.


Estamos vivendo o que foi escrito acima. 
A  corrupção é generalizada.
Atinge  todos os niveis da sociedade. 
Os 3 Poderes da República apodreceram. Todos comendo na mesma gamela e ninguém pensando na Pátria. 
Está em jogo não o bom governo e sim o bolso que garante as eleições. Citar exemplos torna-se cansativo. São tantos que ficamos com nojo. 
É dinheiro roubado desde dos banheiros do pobre para chegarmos ao BNB (mais de 100 milhões e um silêncio criminoso).
Felizmente o Cachoeira vai  soltando todo domingo um veneno e pode ser que mate politicamente muita gente. 
Vamos aguardar o próximo fantástico.
Senadores, governadores, deputados, prefeitos, juizes fazem parte das
páginas policiais dos jornais brasileiros e de nossas TVs. Há que se chorar
e concordar com o escritor acima:  “é verdade que o que suborna corrompe; também é verdade que aquele que aceita o subordo é um criminoso maior”.

Nenhum comentário: