Translate

sexta-feira, 1 de junho de 2012

George Soros investirá até R$ 500 milhões em banda larga no Brasil

O fundo de investimentos do bilionário George Soros é o mais novo ator das telecomunicações no Brasil, com interesse especial no mercado de banda larga a partir das operações amplas permitidas pela nova legislação sobre TV paga no país e o uso da faixa de 2,5 GHz. 

A Anatel aprovou nesta quinta-feira, 31/5, a entrada do Soros Fund na Sunrise Telecomunicações – mais conhecida pela operação de TV por assinatura em 12 cidades do interior de São Paulo, como Campinas, Ribeirão Preto e São José dos Campos. 

Na prática, é a segunda etapa de alterações na Sunrise, desde que, no ano passado, a empresa passou para o controle do grupo Quattro, do empresário israelense de tecnologia Zaki Rakib. Com Soros, a empresa ganha um novo fôlego financeiro que pode chegar a R$ 500 milhões. 

“Temos entre R$ 200 milhões e R$ 500 milhões para investir nesta nova Sunrise, que foi comprada para fazer banda larga”, explica o diretor de operações da empresa, Carlos André Albuquerque. A ideia é ampliar a musculatura da operadora, provavelmente com novas faixas de frequência em 2,5 GHz. 

“Há interesse no leilão [das faixas de 450 MHz/2,5 GHz], mas ainda estamos trabalhando a questão das garantias, pois as condições não são favoráveis para as startups. Nós vamos para o leilão, o tamanho do apetite é que vai depender dessa questão”, completa Albuquerque.

Nenhum comentário: