segunda-feira, 9 de abril de 2012

Preparem-se: O colapso econômico do Brasil se ocorrer greve de caminhoneiros ou bloqueios das estradas pelo MST ou militantes associados ao PT.

Você acredita que nós estamos com um plano de contingência adequado para estes eventos?

Você supõe que alguém que está se preparando para este dia?

Bem, você pode querer ler isso primeiro antes de tomar uma decisão final, dizendo que todos aqueles que se preparam para viver sem o apoio do governo são loucos.

Para ser honesto, eu não tinha idéia de como extremamente vulnerável é ​​nosso sistema econômico se ocorrer uma interrupção do transporte.

Quando me deparei com esta informação, eu soube que eu tinha que compartilhar isso com todos vocês.

Esperemos que o que você está prestes a ler vai motivá-lo a preparar como nunca antes, e esperamos que você vai compartilhar essa informação com os outros.

Então, antes de começar esse artigo comecei a pensar em todos as perguntas e sugiro este site para ajudar a vocês a se prepararem: shtfplan.com .

A verdade é que o nosso sistema de distribuição nos deixa extremamente vulneráveis ​​a um desastre nacional.

Você vê, é muito caro para manter e armazenar estoques, por isso a maioria dos fabricantes e varejistas dependem de um fluxo contínuo de entregas que estão programados para chegar "just in time"(na hora exata), e isso reduz significativamente suas despesas operacionais.

Este é considerado boa prática de negócios para fabricantes e varejistas, mas também significa que se houver uma rutura principal do transporte nacional que nosso sistema econômico entrará num impasse quase que imediatamente.

No caso de uma catástrofe de grandes proporções em todo o país, que poderia ser um bom tempo.

Então, o que poderia causar um desligamento de transporte de âmbito nacional?

É fácil imaginar um monte de possíveis cenários - uma erupção vulcânica, um terremoto histórico, um ataque EMP , uma megatempestade solar, uma guerra, um ataque terrorista importante, um asteróide, uma pandemia, motins em massa em cidades, bloqueios das estradas pelo MST ou associados ao PT ou até mesmo um estado de emergência.

Se alguma coisa interromper os caminhões, a vida no Brsil imediatamente começaria a mudar.

Veja a seqüência de acontecimentos:

Nss primeiras 24 horas

1- Entrega de suprimentos médicos para a área afetada vai cessar.
2 - Hospitais ficarão sem suprimentos básicos como seringas e cateteres dentro de horas. Os radiofármacos irã se deteriorar e tornar-se-ão inutilizáveis.
3 - Postos de gasolina começarão a ficar sem combustível.
4 - Fabricantes que utilizam just-in-time de fabricação irão desenvolver falta de componentes.
5 - Correios cessarão as entregas de pacotes e correspondências.

Após um dia

1 - Escassez de alimentos começará
2 - A disponibilidade de combustível para automóveis e a entrega nos postos irá diminuir, levando a preços exorbitantes e longas filas nas bombas de gasolina.
2 - Sem componentes de fabricação e caminhões para entrega de produtos, as linhas de montagem serão desligadas, lançando milhares de trabalhadores ao desemprego .

Dentro de dois a três dias

1 - A escassez de alimentos irá aumentar em escala, especialmente em face da acumulação e do pânico do consumidor.
2 - Fontes de itens essenciais, tais como água mineral, leite em pó e enlatados de carne em grandes varejistas irão desaparecer.
3 - Caixas eletrônicos ficarão sem dinheiro e os bancos serão incapazes de processar as transações.
4 - Postos de gasolina ficarão completamente sem combustível para automóveis e caminhões.
5 - Lixo: começará acumulando em áreas urbanas e suburbanas.
6 - Portos: navios de containers ficarão ociosos nos portos e o transporte ferroviário será interrompido, chegando à uma paralisação.

Dentro de uma semana

1 - Trânsito de automóvel cessará devido à falta de combustível. Sem carros e ônibus, muitas pessoas não serão capazes de começar a trabalhar, comprar mantimentos, ou de ter acessoa aos cuidados médicos.
2 - Hospitais começam a esgotar o suprimento de oxigênio.

Dentro de duas semanas

1 - O fornecimento de água limpa do Brasil começará a funcionar a seco.

Dentro de quatro semanas

1 - O Brasil irá vai esgotar seu suprimento de água limpa e água só será segura para beber só depois de ferver. Como resultado as doenças gastrointestinais irão aumentar, fazendo com que aumentem os gastos com o sistema de cuidados de saúde - SUS - já debilitado.

Este cronograma apresenta apenas os efeitos principais de uma paralisação das viagens de caminhão. Os efeitos secundários devem ser considerados também, como a incapacidade de manter o serviço de telecomunicações, a aplicação da lei reduzida, o aumento da criminalidade, aumento da doenças e das lesões, as taxas de mortalidade mais elevadas, e a provável inquietação civil.

Nenhum comentário: