quarta-feira, 29 de junho de 2011

Os políticos foram corrompidos e irão votar medidas para prejudicar a população, aumentando os lucros das multinacionais e dos bancos. A população é contra a medida de austeridade proposta pelo governo para tentar vencer a crise. O país está ameaçado de falência. O plano prevê sacrifícios para a população, como aumento de impostos e cortes de empregos no setor público. Em troca o país teria a ajuda financeira dos sócios europeus e dos credores. Vários serviços aderiram a paralisação. Em Atenas, apenas o metrô está funcionando.

Nenhum comentário: